Por falar em Segundo Colunista e setor elétrico, mais uma mostra da briga de foice que é o lóbi via imprensa…:

Do Informe JB de sábado:

Intriga internacional

Em conflito com a El Paso, o governador do Paraná, Roberto Requião, pode ter que explicar a quebra de contratos no exterior.
A empresa texana estuda a possibilidade de levar a questão a uma corte de arbitragem internacional, alternativa prevista pelo próprio contrato assinado entre o governo paranaense e a companhia. Uma decisão favorável à El Paso pode provocar descontos no repasse federal ao Paraná, caso o Estado assuma a multa.

Do Segundo Colunista ontem:

Dedo na tomada

A gigante El Paso Co., que investiu cerca de US$ 3 bilhões por aqui, foi se queixar ao embaixador brasileiro em Washington, Rubens Barbosa.
Alega que está sendo maltratada no Brasil.
A queixa maior é para o governador Roberto Itamar Franco Requião, do Paraná, que fez a estatal Copel rasgar um contrato de compra de energia que tinha com a americana.
Mas também teme pela negociação com a Petrobras em torno do futuro da termelétrica Macaé Merchant.

A CDN, dona da conta de assessoria de imprensa da El Paso, não brinca em serviço…

Deixe um comentário