Aliás, alguém ainda duvida que é necessário jornalista ser treinado para enfrentar situação de guerra? Assim, está na hora de a Fenaj e os sindicatos chamarem os patrões à responsabilidade para que eles paguem cursos de treinamento específicos para cobertura de guerras civis. Pois, não sei se você notou, a situação mudou de patamar…

Deixe um comentário